quarta-feira, 15 de abril de 2009

VEREADORES DE MOSSORÓ

CAMARA MUNICIPAL DE MOSSORÓ
PRIMEIRA CÂMARA
Período: 24/01/1853 a 7/1/1857
A primeira Câmara Municipal de Mossoró foi instalada em 24 de janeiro de 1853, em cumprimento a Lei Provincial nº 246, de 15 de março de 1852 assim constituída: Padre Antonio de Carvalho – PRESIDENTE, João Batista de Souza de Souza – VICE PRESIDENTE, Miguel Arcanjo Guilherme de Melo, Vicente Gomes da Silveira, Florêncio Medeiros Cortez, Francisco Bertoldo das Virgens e Luiz Carlos da Costa Júnior.
SUPLENTES:
1 - Sebastião de Freitas Costa
2 – Simão Balbino Guilherme de Melo
3 – Antonio Afonso da Silva
4 – Antonio Nunes de Medeiros
5 – Silvério Ciriaco de Souza
6 – Agostinho Lopes de Lima
7 – João Martins da Silveira Junior
8 – João Francisco dos Santos Costa
9 – Pedro José da Costa
10 – Manoel João da Costa
11 – Gil de Freitas Costa
12 – Raimundo Nonato de Freitas
13 – Targino Lopes de Medeiros
14 – João Batista de Oliveira
15 – Gonçalo Soares de Freitas
16 – Manoel Januário Lopes de Oliveira
SEGUNDA CÂMARA MUNICIPAL
Período: 07/01/1857 a 01/01/1861
01 – Simão Balbino Guilherme de Melo – PRESIDENTE
02 – Manoel Arcanho Guilherme de Melo – VICE
03 – Antonio Afonso da Silva
04 – Luís Carlos da Costa Júnior
05 – Francisco Bertoldo das Virgens
06 – Pedro José da Silveira
07 –Silvério Ciríaco de Souza
SUPLENTES:
01 – Geraldo Joaquim Guilgerme de Melo
02 – Gonçalo Soares de Freitas
03 – Clementino de Góis Nogueira
04 – Antonio Filgueira Secundes
05 – Inácio Fernandes Casado
06 – Reinaldo Francisco dos Santos Costa
07 – Antonio Dantas de Oliveira
08 – Antônio Leocádio de Souza
09 – Agostinho Lopes Lima
10 – Pedro José da Costa
11 – Alexandre Bernardino de Souza
12 – Manoel João da Costa
TERCEIRA CÂMARA MUNICIPAL
Período: 1861 a 1864
01 – Miguel Arcanjo Guilherme de Melo – PRESIDENTE
02 – Silvério Ciriaco de Souza – VICE
03 – Francisco Bertoldo das Virgens
04 – Manoel Soares do Couto
05 – Francisco Gomes da Mota
06 – Francisco Gomes da Mota
07 – Manoel Amâncio Rebiouças
08 – Pedro José da Silveira
SUPLENTES:
01 – Antonio Leocádio de Souza
02 – Padre João Urbano de Oliveira
03 – Joaquim Nogueira da Costa
04 – Jeremias Gomes Galvão Guará
05 – Joaquim Batista ada Cuanha
06 – José Monteiro de Sá
07 – Manoel Duarte Ferreira
08 – Alexandre Bernardino de Souza
09 – Agostinho Lopes de Lima
10 – Irineu Soter Caio Wanderley
11 – José Alves de Oliveira
12 – Francisco Filgueira de Melo
13 – Raimundo de Souza Machado
14 – Antonio Chaves de Oliveira
15 – Simão Balbino Guilherme de Melo
16 – Manoel Justiniano Guilherme de Melo
17 – João Lopes Bastos
18 – João Lopes de Oliveira
19 – Florêncio de Medeiros Cortes
20 – José Pereira da Costa
21 – José Pedro da Silveira
22 – Manoel João da Costa.
QUARTA CÂMARA MUNICIPAL
PERÍODO: 1865 – 1868
01 – Miguel Arcanjo Guilherme de Melo – PRESIDENTE
02 – Joaquim Nogueira da Costa – Vice
03 – Jeremias Gomes Galvão Guará
04 – Raimundo de Souza Machado
05 – Domingos Francisco do Vale
06 – Joaquim Batista de Souza
07 – Joaquim Batista da Cunha
SUPLENTES:
01 – Manoel Amâncio Rebouças
02 – José Pereira da Costa
03 – José Alves de Oliveira
04 – Francisco Gomes da Moata
05 – Manuel Duarte Ferreira
06 – Antonio Chaves de Oliveira
07 – Alexandre Belarmino de Souza
08 – Alexandre de Souza Nogueira
09 – Joaquim Gomes da Mota
10 – Reinaldo Francisco da Costa.
QUINTA CÂMARA ,UNICIPAL
PERÍODO: 1869 – 1872
01 – Luiz Manoel Filgueira – Presidente
02 – José Alexandre Freire de Carvalho – Vice
03 – Antonio Filgueira Secunde
04 – Francisco Rocha Freire
05 – Irineu Soter Caio Wanderley
06 – Alexandre Soares do Couto
07 – Francisco José Fernandes Pimenta
SUPLENTES:
01 – Miguel de Medeiros Guilherme de Melo
02 – Manoel Lins Duarte
03 – Domingos Francisco do Vale
04 – Faustino Filgueira de Melo
05 – José Pereira da Costa
06 – João Francisco de Borja
07 – Antonio Chaves de Oliveira
08 – Manoel João da Costa
09 – Alexandre Leite de Oliveira
10 – João Bezerra de Jesus
11 – Francisco de Assis Nogueira
12 – Reinaldo Francisco da Costa
SEXTA CÂMARA MUNICIPAL
PERÍODO DE 01/01/ 1873 A 01/01/ 1876
01 – Miguel Arcanjo Guilherme de Melo – Presidente = 3ª vez
02 – Primênio Duarte Ribeiro
03 – José Alexandre Freire de Carvalho
04 - Antonio Borborema Bezerra
05 – Joaquim da Costa Mendes
06 – Silvério Ciriaco de Souza
07 – Francisco da Rocha Freire
08 – Gonçalo Soares de Freitas
09 – João Martins
SÉTIMA CÂMARA MUNICIPAL
01/01/1877 A 01/01/1881
01 – Francisco Gurgel de Oliveira
02 – Sebastião de Freitas Costa
03 – Alexandre de Souza Nogueira
04 – Antonio Fernandes Borges
05 – Joaquim Etelvino da Cuanha
06 – Francisco da Rocha Freire
07 – Alexandre Soares
08 – Idalino Alves de Oliveira
09 – Antonio Nunes de Medeiros
10 – Faustino Filgueira de Melo
OITAVA CÂMARA MUNICIPAL
Perído de/1881 a 1882
01 – Euclides Deocleciano de Alburqueque – PRESIDENTE
02 – Manoel Benício de Melo
03 – Targino Nogueira de Lucena
04 – Antonio Pompilio de Albuquerque
05 – Manuel Januário Lopes de Oliveira
06 – Ricardo Pereira de Santana
07 – João Francisco de Borja
08 – Francisco Nogueira da Costa
09 – Francisco Gomes da Costa e Silva
Obs.: No ano de 1881 teve lugar a primeira eleição direta em Mossoró, em obediência a Lei de 9 de janeiro de 1881.
NONA CÂMARA MUNICIPAL
PERÍODO:01/01/ 1883 A 01/01/1886
01 – Romualdo Lopes Galvão
02 – Alexandre Soares do Couto
03 – Luiz Alves Pedroza Napoleão
04 – Manoel Antonio Pinto
05 – Augêncio Virgílio de Miranda
06 – Simão de Freitas Costa
07 – Idalino Alves de Oliveira
08 – Raimundo Nonato de Freitas
09 – Joaquim Zeferino Holanda Cavalcante
DÉCIMA CÂMARA MUNICIPAL
01/011887 – 01/01/1890
01 – Manuel Cirilo dos Santos – PRESIDENTE
02 – Silvio Policiano de Miranda
03 – Astero de Souza Pinto
04 – Targino Nogueira de Lucena
05 – Alexandre Saturnini dos Rei
06 – Antônio Sabino do Couto
07 – Francisco Alves de Oliveira
08 – João Gamelo de Oliveira
09 – Florêncio Lopes de Oliveira
OBS.: Esta legislatura não chegou ao seu final. Com a mudança do regime, foi dissolvida pelo Decreto nº 9, de 18 de janeiro de 1890, sancionado pelo governo do Rio Grande do Norte, Adolfo Afonso da Silva Gordo. Sua última sessão foi registrada no dia 23 de janeiro de 1890. A partir dessa data as Câmaras Municipais foram extintas, passando a se INTENDÊNCIAS MUNICIPAIS.
1ª - INTENDÊNCIA MUNICIPAL
PERÍODO: 23/01/1890 A 05/10/1892 1892
01 – Francisco Pinheiro de Almeida Castro – PRESIDENTE
02 – Manuel Cirilo dos Santos
03 – Francisco Gurgel de Oliveira
04 – João Mendes
05 – Horário de Azevedo Cunha
06 – Miguel Faustino do Monte
07 – Aderaldo José de Oliveira Leite
SUPLENTES:
01 – Henrique Augusto de Arruda Torres
02 – Hemetério Cunegundes de Oliveira Leite
03 – Olinto Lopes Galvão
Posse a 5 de outubro de 1892
No ano de 1894 Romualdo Galvão mudou-se para Natal e Horácio de Azevedo Cunha renunciou. A 16 de junho, Manoel Cirilo dos Santos foi eleito para a presidência. Para as duas vagas foram eleitos Aderaldo Zózimo de Freitas e Olinto Lopes Galvão.
2ª - INTENDÊNCIA
Eleito em 11 de novembro de 1991
Posse em 5 de outubro de 1892
A exemplo do que ocorreu na gestão anterior, nesta também houve várias modificações, com sucessivas substituições na composição do Conselho, sob a presidência de Almeida Castro. Desta vez quem informa é Cascudo:
“A de agosto de 1891 Noronha, Mendes e Costa Barbalho são exonerados e substituídos por Manoel Cirilo dos Santos, Silvio Policiano e João Damasceno, posse a 13. A 20 de novembro o presidente do Estado, Miguel Joaquim de Almeida Castro, manda lelegraficamente reintegrar nos seus lugares os intendentes Noronha, Costa Barbalho e Mendes e exonera Cirilo, Miranda e Damasceno. Posse dos nomeados e reintegrados a 21. O presidente Miguel Castro é deposto e a Junta Governativa demite os reempossados e nomeia Manoel Cirilo, presidente, Silvio Policiano e João Damasceno a 16 de dezembro. Almeida Castro, a 15, informa ter deixado os cargos de intendente e Presidente.
Após a saída de Almeida Castro, ainda aconteceram outras exonerações e consequentemente outras nomeações. o ciclo encerrou-se a 11 de setembro com a “eleição para intendentes.” A primeira do regime republicano, com mandato de três anos.” – CÂMARA CASCUDI – NOTAS E DOCUMENTOS PARA A HISTÓRIA DE MOSSORÓ, pág. 136.
3ª -INTENDÊNCIA
01/01/1896 A 01/01/1898
01 – Silvio Policiano de Miranda – PRESIDENTE
02 – João Mendes
03 –Francisco Izódio de Souza
04 – Aderaldo Leite
05 – Manuel Benício de Melo
06 – Aristóteles Alcebíades Wanderley
07 – Salustiano Ferreira Leite
SUPLENTES:
01 – Francisco Antônio de Melo
02 – Henrique Augusto de Arruda Torres
03 – Antonio Chaves Filho
04 – Antonio Francisco de Moura
05 – Antonio Hipólito de Medeiros
06 – Francisco de Borja Filgueira
07 – JOÃO Faustino Lopes de Oliveira
4ª -INTENDÊNCIA
01/011899 –01/01/ 1901
01 – João Damascdno de oliveira
02 – Antonio Miranda
03 – Antonio Filgueira Filho
04 – Antonio Chaves de Oliveira Filho
05 – Francisco Tavares Cavalcante
06 – Vicente Praxedes da Silveira Martins
07 – Francisco Amâncio Pereira Franco
SUPLENTES:
01 – Trajano Filgueira de Melo
02 – João Valério de Medeiros
03 – Francisco de Paula Filgueira
04 – José Faustino Filgueira
5ª -INTENDÊNCIA
01/01/1902 A 01/01/1905
01 – Antonio Filgueira Filho – Presidente
02 – Francisco Tavares Cavalcanti
03 – Vicente Praxedes da Silveira Martins
04 – Luís Colombo Ferreira Pinto
05 – Delmiro Rocha
06 – João Ferreira Leite
07 – Abel Ismael das Chagas
SUPLENTES:
01 – João Valério de Medeiros
02 – Francisco Camilo de Oliveira Lemos
03 – João Faustino Filgueira
6ª - INTENDÊNCIA
Eleita em 6/11/1904
Posse em 01/01/1905
01 – Antonio Filgueira Filho
02 – Francisco Tavares Cavalcanti
03 – Luís Colombo Ferreira Pinto
04 – Delmiro Rocha
05 – Abel Ismael das Chagas
06 – Rodolfo Fernandes de Oliveira Martins
07 – Enéas Almeida
SUPLENTES:
01 – Francisco Gamelo de Oliveira Lemos
02 – João Valério de Medeiros
03 – Pedro Inácio da Silva Carvalho
03 – Alberto Melo.
7ª - INTENDÊNCIA
01/01/1908 A 01/01/1911
01 – Antonio Soares do Couto – Presidente
02 – Francisco Tavares Cavalcanti
03 – Luís Colombo Ferreira Pinto
04 – Vicente Ferreira da Mota
05 – Vicente José Tertuliano Fernandes
06 – Enéas Almeida
07 – Jerônimo Rosado - início do comando da família Rosado em Mossoró, totalizando assim mais de 100 anos que essa família ingressou na política e ainda hoje continua mandado politicamente em Mossoró.
SUPLENTES:
01 – Joaquim Casimiro de Carvalho
02 -´Antonio Joaquim da Costa
03 – Antonio Florêncio de Almeida
04 – Francisco Clemente Freire
05 – Irineu Wanderley de Albuquerque
06 – Francisco Marcelino de Oliveira Filho.
8ª - INTENDÊNCIA
01/01/1911 A 01/01/1914
01 – Francisco Izodio de Souza – Presidente
02 – Francisco Ferreira da Cunha da Mota
02 – Antonio Miranda
03 – Vicente Alves do Couto
cyprianom vereador

04 – Manoel Cirilio dos Santos
05 – Manuel Benício de Melo
06 – Francisco Xavier Filho
SUPLENTES:
01 – Aristides Aureliano Rebouças
02 – Francisco Marcelino de Oliveira
03 – Petronilo Lopes Galvão
04 – Francisco Borges de Andrade
05 – Rufino da Silva Caldas
9ª - INTENDÊNCIA
01/01/1914 A 01/01/1917
01 – Francisco Vicente Cunha da Mota – PRESIDENTE
02 – Vicente Alves do Couto
03 – Antonio Secundes Filgueira
04 – Francisco Borges de Andrade
05 – João Ferreira de Almeida
06 – Sebastião Fernandes Gurgel
07 –Antonio Martins de Miranda
SUPLENTES:
01 – Raimundo Leão de Moura
02 – Amaro Duarte Ferreira
03 – João Salviano Pereira
04 – Silvério José de Morais
05 – Francisco Xavier de Medeiros
06 – Epaminondas da Silva Carvalho.
10ª - INTENDÊNCIA
01/01/1917 a 01/01/1920
01 – Jerônimo Rosado
02 – Dr. Antonio Soares Júnior
03 – Sebastião Fernandes Gurgel
04 – Francisco Xavier Filho
05 – Francisco Borges de Andrade
06 – Raimundo Leão de Moura
07 – Camilo Porto da Silva Figueiredo
11ª - INTENDÊNCIA
01/01/1920 – 01/01/1923
Eleita em 07 de setembro de 1919
01 – Camilo Porto da Silva Figueiredo
02 – Francisco Xavier Filho
03 – Jerônimo Rosado
03 – Delfino Freire da Silva
04 – Manuel Freire Filho
05 – Francisco José das Chagas
06 – Manuel Benício de Melo
12ª - INTENDÊNCIA
01/01/1923 – 01/01/1925
Eleita em 3 de setembro de 1922
01 – Francisco Xavier Filho – Presidente
02 – Hemetério Leite
03 – Francisco Marcelino de Oliveira
04 –Alfredo Fernandes
05 –Dr. Antonio Soares Júnior
06 – Francisco Vicente Cunha da Mota
07 – Sebastião Fernandes Gurgel
13ª - INTENDÊNCIA
01/01/1926 – 03/09/1927
Eleita em 6 de setembro de 1925
01 –Rodolfo Fernandes de Oliveira Martins – PRESIDENTE
02 – Bel. Hemetério Fernandes de Queiroz
03 – Luís Colombo Ferreira Pinto
04 – Francisco Clemente Freire
05 – Antonio Teodósio Soares Frota
06 – Manuel Amâncio Leite
07 – Francisco Borges de Andrade
14ª - INTENDÊNCIA
03/09/1927 A 03/11/1927
02 – Bel. Hemetério Fernandes de Queiroz - presidente
03 – Luís Colombo Ferreira Pinto
04 – Francisco Clemente Freire
05 – Antonio Teodósio Soares Frota
06 – Manuel Amâncio Leite
07 – Francisco Borges de Andrade
15ª - INTENDÊNCIA
03/811/1927 A 01/11/1929
Eleita em 3 de novembro de 1927
01 – LUÍS COLOMBO FERREIRA PINTO - PRESIDENTE
02 – Bel. Hemetério Fernandes de Queiroz – vice-presidente
03 – Luís Colombo Ferreira Pinto
04 – Francisco Clemente Freire
05 – Antonio Teodósio Soares Frota
06 – Manuel Amâncio Leite
07 – Francisco Borges de Andrade
SUPLENTES:
01 – Luiz Teotônio de Paula
02 – João Holanda Cavalcanti
03 – Raimundo Nonato de Souza
04 – Francisco Maciel de Lima
05 – Francisco Martins de Miranda
06 =- João Salviano Pereira.
16ª – INTENDÊNCIA – Ú L T I M A.
Eleita em 2 de setembro de 1928
Posse em 01 de janeiro de 1929
01 – Vicente Carlos Saboya Filho – presidente
02 – Ezequiel Fernandes de Souza
03 – Luís Teotônio de Paula
04 – Antonio Teodoro Soares da Frota
05 – Vicente de Almeida
06 – Dr. João Marcelino de Oliveira
07 – Francisco Cunha da Mota
PREFEITO – Dr, Rafael Fernandes Gurjão, primeiro prefeito constitucional da cidade de Mossoró, eleito em 2 de setembro de 1928, cargo que havia sido criado pela Constitucional Estadual, de 24 de agosto de 1926, o qual tomou posse em 1º de janeiro de 1929 e administrou Mossoró até 2 de abril de 1929, quando solicitou licença e passando para o senhor Vicente Carlos de Sabóia Filho.
Durante a gestão de Saboya Filho, a Intendência, qual foi a última, funcionou com os mesmos membros da gestão anterior. Apenas duas substituições por motivos de renúncia; a do intendente Antonio Teodósio e de Vicente Almeida, que foram substituídos respectivamente por Lauro do Monte Rocha e de SebaSTIÃO Fernandes Gurgel.
A última sessão desse período ocorreu a 29 de setembro de 1930, quando os intendentes se reuniram pela última vez. No dia 6 de outubro de 1930 foi dissolvida, de acordo com a decisão da Junta Governativa do Estado, juntamente com todas as outras existentes.

NOVA CÂMARA MUNICIPAL
PRIMEIRA CÂMARA MUNICIPAL
07/09/1937 - 28/09/1937
Eleita em 18 de março de 1937

01 – Dr. Jerônimo Lahire Melo Rosado –
02 – Augusto da Escossia Nogueira
03 – Francisco Galvão de Araújo
04 – Idalino Pereira da Costa
05 – José Thiers Diniz Rocha
06 – Joaquim Lino de Medeiros
07 – José Francisco de Paula.
Obs.: Francisco de Paula renunciou e foi substituído pelo suplente João Dias, logo na sessão de instalação, a 7 de setembro de 1937.
O que ninguém poderia supor naquela oportunidade é que este período fosse tão efêmero. A sua primeira sessão ordinária realizou-se a 15 de novembro de 1937. E a última a 28 de setembro do mesmo ano. O golpe de Estado de 10 de novembro dissolveu novamente todas as Câmaras e Assembléias.
NOVA CÂMARA
O golpe de 10 de novembro de 1937 acarretou brusca transformação ma vida pública do país. O Congresso Nacional FOI DISSOLVIDO, OS Governadores passara à condição de Interventores nos Estados. As Câmaras Municipais foram extintas. Muitos prefeitos empossados antes perderam o mandato. Um novo estado de causas ditado pela palavra de Chico Campo, Ministro da Justiça e executado por Getúlio Vargas na Presidência da Repúblicas.
Foram outros 10 anos de incerteza, de arbítrio, sem a interefência do povo na escolha de seus governantes. Somente em 21 de março de 1948 foi que o povo norte-rio=grandense retornou a escolher seus prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Em Mossoró foi eleito Jerônimo Dix-sept Rosado Maia, o qual tomou posse em 31 de março, juntamente com seu companheiro de administração, senhor Jorge de Albuquerque Pinto, cuja Câmara Municipal ficou assim constituída:
PRIMEIRA LEGISLATURA
Eleita em 21 de março de 1948
Posse em 31 de março de 1948
01 – Vice-prefeito Jorge de Albuquerque Pinto – PRESIDENTE
VEREADORES:
02 – Vereador Alcides Dias Fernandes – VICE-PRESIDENTE
03 – Jerônimo Vint Rosado Maia
04 – Ulisses Duarte Ferreira
05 – Francisco João de Oliveira
06 – Joaquim da Silveira Borges Filho
07 – Abel Freire Coelho
08 – Cícero Bezerra de Oliveira
09 – Germano Manuel da Costa
10 – Francisco Vicente de Miranda Mota
11 – João Manuel Filho
12 – Jorge Moreira Maia
13 – Evilásio Falcão Freire
14 – Traajano de Miranda Filgueira
15 – Geraldo Gomes de Medeiros.
Aconteceram mudanças, no decorrer do período; logo no início, houve a renúncia do vereador Trajano Filgueira. Na vaga, assumiu o suplente João Carvalho Pereira, que a 4 de março de 1949 requereu licença e não mais retornou, assumindo o suplente Luiz Gonzaga Saores. Posteriormente o suplente Vicente Serafim da Costa foi convocado.
A primeira sessão ordinário desta legislatura ocorreu a 1º de abril de 1948 e a última em 31 de março de 1951.
SEGUNDA LEGISLATURA
31/03/1951 a 31/03/1953
01 – Vice-prefeito Joaquim Felício de Moura
02 – Vereador João NICERAS DE Morais – VICE-PRESIDENTE
03 – Jerônimo Vingt Rosado Maia – renunicou a 13/3/19853 por ter sido eleito para o cargo de prefeito
04 – Joaquim da Silveira Borges
05 – Pedro Pereira da Costa
06 –João freitas de Oliveira
07 – João Francisco de Oliveira
08 – Cícero Bezerra de Oliveira
09 – Germano Manuel da Costa
10 – Ulisses Duarte Ferreira
11 – Francisco Leonardo Nogueira
12 – Luiz Teotônio de Paula
13 – Raimundo Firmino de Oliveira
14 – Francisco Guilherme de Souza
15 – José Fernandes de Negreiros
Na vaga deixada pelo vereador Vingt Rosado assumiu o suplente Severino Claudino de Freitas.
TERCEIRA LEGISLATURA
31/03/1953 A 31/03/1958
Eleita em 7 de dezembro de 1952
01 – Vice-prefeito Joaquim Felício de Moura – PRESIDENTE
02 – João Newton da Escossia
03 – Bernardo Francisco de Oliveira
04 – Maurílio Aires Rocha
05 – Joaquim da Silveira Borges
06 – João de Freitas Oliveira
07 – Francisco Vicente de Miranda
08 – João Nisceras de Morais
09 – Raimundo Firmino de Oliveira

10 – Expedito Mariano de Azevedo – EXPEDITO BOLÃO
11 – Rômulo Agostinho Fernandes de Negreiros
12 – Ulisses Duarte
13 – Sebastião Ferreira Pinto
14 – Joel Martins do Nascimento
15 – Francisco Leonardo Nogueira
16 – João Manoel Filho.
QUARTA LEGISLATURA
31/03/1958 – 31/03/1963
Eleita em 5 de janeiro de 1958
01 – Joaquim da Silveira Borges Filho – PRESIDENTE
02 – Francisco José de Oliveira
03 – Lourenço Menandro da Cruz – Gov – Dix-sept Rosado
04 – Severino Ramos Vieira – Gov
05 – José Inocêncio Neto
06 – Raimundo Andrade de Oliveira
07 – Francisco Martins de Medeiros
08 – Expedito Mariano Mariano – 2º mandato
09 – Manoel Mário de Oliveira
10 – José Bernardo de Souza
11 – Heloísa Leão de Moura
12 – João Manaoel Filho
13 – Rômulo Agostinho Fernandes de Negreiros
14 – Francisco Leonardo Nogueira
15 – Joaquim Alexandrinho Saraiva
No decorrer desta legislatura houve substituições, assumindo os suplentes:
16 – Jaime Hipólito Dantas
17 – Paulo da Costa Carvalho
18 – Júlio César Rosado
19 – Francisco de Souza Revoredo
20 – Eilder Heronildes da Silva
21 – Aluízio Paula
22 – Francisco das Chagas de Souza
23 – Maurílio Aires Rocha
24 – Raimundo Firmino de Oliveira
Heloísa Leão, em Mossoró, foi a primeira representante do sexo feminino a representar o seu povo com mandato eletivo.
QUINTA LEGISLATURA
31/03/1963 A 31/01/1969
Eleita em 7 de outubro de 1962
01 – Vice-presidente Joaquim da Silveira Borges Filho – PRESIDENTE
02 – Francisco Martins de Medeiros
03 – Severino Ramos Vieira
04 – Francisco João de Oliveira
05 – José Inocêncio de Almeida Neto

06 – Raimundo Milton da Silveira
07 – Expedito Mariano de Azevedo 3º mandato

08 – João Manoel Filho
09 – Afonso Leonardo Nogueira
10 – Manoel Mário de Oliveira
11 – Raimundo Firmino de Oliveira
12 – Arnaldo Miranda da Rocha
13 – Aldenor Evangelista Nogueira
14 – João Napomuceno da Silveira
15 – José Rebouças Leite
16 – Paulo da Costa Carvalho
SUPLENTES:
01 – José Bernardo de Souza
02 – Luiza Dantas de Oliveira
03 – Heloísa Leão de Moura
04 – Zadock Xavante Ribeiro
05 – Vivaldo Dantas de Freitas
06 – Antonio Ferreira da Silva
06 – Edgard Filgueira Burlamaqui
07 – João Salustiano da Silva
08 – Policiano da Costa Xavier
09 – José Genildo de Miranda

SEXTA LEGISLATURA
Eleita em 15 de novembro de 1968
Posse em 31 de janeiro de 1969
01 - PRESIDENTE
02 – José Genildo de Miranda
03 – Expedito Mariano de Azevedo 4º mandato
04 – José Emidio de Araújo
05 – Zadoch Xavante Ribeiro
06 – Osmidio Dantas Cavalcante

07 – Aldivan José da Costa Honorato
08 – Afonso Leonardo Nogueira

09 – Raimundo Nogueira da Couto, conhecida popularmente por “RAIMUNDA DE DODOCA”, natural de Mossoró-Rn, nascida a 23 de janeiro de 1927 e faleceu em sua terra natal no dia 19 de junho 1993. Era casada com Jeremias Soares do Couto, mãe de 11 filhos. Conheci esse belíssimo casal e todos seus filhos. Trabalhei em sua fazenda localizada no sítio Camurupim, no município de Mossoró– 2ª mulher vereadora, eleita pela primeira vez em 15 de novembro de 1969, nessa época não era eleitor, mais era torcedor de Dona Raimunda Dodoca tinha apenas 7 anos, mas lembro-me daquela histórica campanha política – O CAPIM E O TOURO. Antonio Rodrigues era o capim e pela primeira vez em toda a história deste planeta vi o capim comer o touro, ou seja, Vingt-Un que representava o touro perdeu para Antonio Rodrigues. Raimunda de Dodoca foi vereadora em quatro legislaturas: 1969, 1972, 1976 e 1982.
10 – Valderi Paula
11 – Francisco Jerônimo Lobato
12 –Arnaldo Miranda da Rocha
13 – Luiz Martins de Medeiros
14 – Elziro do Carmo Rebouças Neto
15 – Anselmo Caetano de Souza
16 – Luiz Lopes da Silva
17 – José Danilo Bareto
18 – Paulo Mário Brasil Góis.
SÉTIMA LEGISLATURA
Eleita EM 15 DE NOVEMBRO DE 1972
POSSE EM 31 DE JANEIRO DE 1973
01 – Arnaldo Miranda da Rocha
02 – Expedito Mariano Azevedo – 5º mandato
03 – Francisco Jerônimo Lobato, conhecido popularmente por CHICO DOS QUEIJOS, natural de Mossoró, nasceu a 22 de outubro de 1918. Chico dos Queijos vendia esse produto na Cobal. Foi eleito vereador em sua terra natal, em dois mandatos, eleito em 15 de novembro de 1968 e reeleito em 15 de novembro de 1972. Faleceu no dia 22 de novembro de 1989.
04 – Jessé Luiz da Rocha
05 – José Emídio de Araújo
06 – José Hugnelson Cruz
07 – Luiz Martins de Medeiros
08 – Raimunda Nogueira do Couto – 2º mandato
09 – Raimundo Milton da Silveira
10 – Jerônimo Vingt-Um Rosado Maia
11 – Anselmo Caetano de Souza
12 – Aldenor Evangelista Nogueira
13 – Francisco de Assis Freitas Amorim
14 – Luiz Lopes da Silva
Luiz Lopes teve o seu mandato extinto, por não haver assumido no tempo regulamentar. Em seu lugar assumiu o suplente JOSÉ DURVAL DA COSTA. Ainda assumiram os suplentes:
01 – Olismar Lima de Medeiros, em 5 de abril de 1974, por motivo de 60 dias de licença requerida pelo vereador Vingt-Um Rosado.
02 – Gutemberg Borges de Miranda, em 25 de abril de 1974.
OITAVA LEGISLATURA
ELEITA EM 15 DE NOVEMBRO DE 1976
POSSE EM 31 DE JANEIRO DE 1977
01 – Expedito Mariano de Azevedo – 6º mandato
02 – Jessé Luiz da Rocha
03 – Raimundo Milton da Silveira
04 – Raimunda Nogueira do Couto – 3º mandato
05 – Joalba Vale
06 – Antonio Fernandes Duarte
07 – José Lázaro de Paiva
08 – Gilmar Lopes da Silveira
09 – Cláudio Rodrigues da Silva
10 – Francisco Leandro de Medeiros
11 – Francisco Cornélio Evaristo Nogueira
12 – Manoel Mário de Oliveira
13 – Renato de Oliveira
14 – Domingos Barbosa Peixoto
15 – Edmilson Rodrigues de Paula
16 – Janúncio Soares
17 – Antonio José de Almeida Sobrinho
18 – José Genildo Belmont
19 – Antonio Ferreira da Silva.
No decorrer do mandato houve alterações na composição da Câmara Municipal. A 14 de de setembro de 1978 David Lima de Santana assmumiu, por motivo fr licença de Raimunda Nogueira do Couto, e em abril de 1980 Pedro Paulo de Oliveira também assume na vaga deixada pela renúncia de Renato de Oliveira.
NONA LEGISLATURA
ELEITA EM 15 DE NOVEMBRO DE 1982
POSSE EM 31 DE JANEIRO DE 1983
01 – Francisco Cornélio Evaristo Nogueira - 1.271 – PRESIDENTE


02 – Edmilson Lucena Barreto 2.559 – VICE PRESIDENTE

03 – Francisco Gilmar da Silveira Borges – 1.377
04 – Raimundo Milton da Silveira - 2179
05 – José Lázaro de Paiva - 806
06 – Antonio Fernandes Duarte- 1.094
07 – Gilmar Lopes Bezerra - 925
08 – David Lima de Santana - 909
09 – Joalba Vale - 896
10 – Raimundo Nogueira do Couto – 4º mandato - 847
11 – Reginaldo Regi Campelo Bezerra- 834
12 – Jessé Luiz da Rocha- 806
13 – Expedito Mariano de Azevedo – 7º mandato - 805
14 – Antonio José de Almeida Sobrinho- 3.022
15 – Januncio Soares da Silveira- 2.664
16 – Paulo Caetano David- 909
17 – José Bernardes da Silva - 685
18 – Geraldo Alves de Oliveira - 637
19 – Mateus Justino Carrero.- 577
SUPLENTES:
01 – Francisco de Assis Vieira Fernandes
02 – Pedro Paulo de Oliveira
03 – Cláudio Rodrigues da Silva
04 – Manoel Cosme de Melo
05 – Altivo Paiva da Silva
06 - Pedro Néo Pereira.
ELEITOS EM 15/11/1988
Nessa legislatura ocorreu a maior renovação na Câmara Municipal de Mossoró. Dez novos vereadores tomaram posse.Na mesma legislatura ocorreu o aumento do número de edis no Poder Legislativo mossoroense, passando dos 19 na última legislatura, de 19833 a 1988 para 21
1 – ANTONIO DUARTE
2 – DAVI LIMA DA SILVEIRA
3 – NIVALDO DANTAS
4 – JOÃO NESTON DA ESCÓSSIA
5 – FRANCISCO DE ASSIS VIEIRA
6 – CLÁUDUI RODRIGUES
7 – PAULO FERNANDES
8 – LUPERCIO LUIZ
9 – FRANCISCO BEZERRA DE MARIA
10 – MARCOS MEDEIROS
11 – CARLOS FILGUEIRA
12 – MATEUS JUSTINO
13 – TOMAZ NETO
14 – JANÚNCIO SOARES
15 – GILDEL GOMES
16 – JOÃO NEWTON DA ESCÓSSIA JÚNIOR

17 – FRANCISCO DANTAS
18 – FRANCISCO GILMAR DA SILVEIRA BORGS
19 – JOALBA VALE
20 – NILTON CARLOS R. DA SILVEIRA
21 – FRANCISCO JOSÉ
PELEITOS EM 3 DE OUTUBRO DE 1992
PT CONSEGUE ELEGER VEREADORES PELAPRIMEIRA VZ
Telma Gurgel e Júlio César foram os primeiros veradores eleitos em Mossoró pelo Partido dos Trabalhadors – Coligação “MOSSORÓ LIBERTA”, eleitos no pleito eleitoral realizado em 3 de outubro de 1992. A cologação Força do Povo, PFL e PDS, embora tenha perdido a eleição na majoritária, conseguiu eleger e a maioria dos vereadores da Câmara Municipal. Arenovação foi de considerada normal: dos 21 vereadores do mandato eleitos em 15 de novembro de 1988, apenas oito não conseguiram se reeleger. Entre eles os novos nomes que figurariam na Câmara destaque para a eleição de dois vereadores de esquerda, o professor de educação física Júlio César Fernandes e a sindicalista Tlma Gurgel, que conseguiram um feito histórico: ser os dois primeiros políticos a se elegerem vereadores pelo PT.
O vereador FRANCISCO José não terminaria esse mandato. Na eleição de 1994, ele foi eleito deputado estadual pelo PFL, abrindo vaga para o retorno de Francisco Borges à Câmara Municipa. Borges cumpriu os dois anos restantes do mandato de Chico José
1 – VICENTE DE SOUZA REGO – 1.929l
2 – PEDRO EDILSON LEITE JÚNIOR – 1.724
3 – MILTON CARLOS RODRIGUES SILVEIRA – 1.536
4 – SÉRGIO FERNANDESCOELHO – 1.397
5 - JOÃO NEWTON DA ESCÓSSIA JÚNIOR – 1.383
6 – MARCOS ANTÔNIO DE OLIVEIRA MEDEIROS – 1.313
7 – JOALBA VALE – 1.221
8 – ANTONIO TOMAZNETO – 1096
9 – PAULO FERNANDES DE OLIVEIRA – 1.096
10 – MARIA LÚCIA L. FERREIRA – 1.063 – terceira mulher de Mossoró a exercer o mandato de vereador, a primeira foi Heloisa Moura
11 – janúncio soares da silvira – 1.043
12 – Francisco José LIMA DA SILVEIRA – 1.029
13 – JÚLIO CESAR FERNANDES – 1.018
14 – MANOEL BEZERRA DEMARIA – 992
15 – ANTONIO PRAXEDES DA MOTA – 980
16 – JOSÉ WELLINGTON BARRETO – 964
17 – TELMA GURGEL DA SILVA – 960 – quarta mulher de Mossoró que exerceu o mandato de vereador, a primeira foi Heloisa Moura, a segunda foi Raimunda Nogueira do Couto e terceira foi Maria Lúcia.
18 – FRANCISCO DANTAS DA ROCHA – 939
19 – JOÃO ALVES DE MORAIS – 781
20 – ANTÔNIO FERNANDES DUARTE – 755
21 – FRANCISCO DE ASSIS VIEIRA FERNANDES – 741
ELEITOS EM 6 DE OUTUBRO DE 1996
Na eleição realizada no dia seis de outubro d 1996 marca o retorno da prefeira Rosalba Ciarline de forma triunfal – comum a maioria d 31 mil votos de maioria sobre o segundo colocado – não lhe valeu a maioria na Câmara Municipal. O PFL, atual Democratas faria apenas nove vereadores, contra seis da coligação Frebte Popular Reconstruir Mossoró, formada pelo PMDB/PMN/PTB e do PC do B.
A GRANDE DSTAQUE dessa eleição, foi a estrondosa votação do candidato Ediondas Duarte da Costa, conhecido popularmnte por EDINHO DOS ROLAMENTOS, que conseguiu o fito d ter mais votos que o candidato a prfito da coligação e Trabalho, que era apoiada pelo prefeito Jerônimo Dix-huit Rosado Maia, Valtércio Anunciato da Silveira. Ao todo, Edinho obteve 3.369.
A renovação acabou ficando dentro da média. Dos 21 vereadores eleitos em 3 de outubro de 1992, oito não conseguiram se releger. Nessa legislatura, apenas o vereador Vicente Rego foi presidente. Ele se legu em 1997, voltando ao cargo que ocupara em 1993/94, e conseguiu a reeleição em 1998, numa manobra política que lhe garantiu o direito a disputar novamente a posição. O PT conseguiu consegue manter dois representantes no Poder Legislativo mossoroense, porém, os eleitos na campanha passada: Telma Gurgl e Júlio César não conseguiram suas reeleições, passando para o professor Luíz Carlose o apodiense e bancário Ivan Nogueira, o conhecidíssimo IVAN DA CAIXA.
1 – EDIONDAS DUARTE DA COSTA – EDINHO DOS ROLAMENTOS – 3.369
2 – MARIA LÚCIA LIMA FERRIRA – 2.257-

3 – PEDRO DILSON LEITE - 2.238
4 – CARLINHOS SILVEIRA – 2.071
5 – MANOEL BEZERRA DE MARIA – 2.136
6 – PAULO FERNANDES DE OLIVEIRA– 2.041
7 – MARCOS ANTONIO DE OLIVEIRA MEDEIROS – 2.031
8 – FRANCISCO SILMAR DA SILVEIRA BORGES – 1.923
9 – SEVERINO SOBRINHO (CECÉU) – 1.830
10 – SÉRGIO COELHO – 1.823
11 – JOSÉ RAIMUNDO NOGUIRA NETO– 1.751
12 – VICENTE D SOUZA REGO - 1.657
13 – JÚLIO CÉSAR FERNANDES – 1.493
14 – JOÃO NEWTON DA ESCÓSSIA JÚNIOR – 1.477
15 – JANÚNCIO SOARES DA SILVEIRA - 1.398
16 – ANTÔNIO PRAXEDES DA MOTA – 1.381
17 – JÓRIO RÉGIS NOGUEIRA – 1.351

18 – LUIZ CARLOS MARTINS – 1.351
19 – IVAN NOGUEIRA DE MORAIS – 1.028
20– FRANCISCO DANTAS DAROCHA – CHICO DAPREFEITURA
21 – CLAUDIONOR ANTONIO DOSSANTOS
ELEITOS EM 1 DE OUTUBRO DE 2000
A PRIMEIRA ELEIÇÃO DA Câmara Municipal de Mossoró para um mandato que iniciaria no terceiro milênio foi marcada por grandes triunfos e decepções. Uma eleição, o campeão DE VOTOS DO PLEITO ELEITORAL realizado em 6 de outubro de 1996, diondas Duarte da Costa, com 3.369 votos,não conseguiria repetir o seu feito e terminaria na terceira suplência, ENQUANTO O PRIMEIROLUGAR DAELEIÇÃO ACABOU FICANDO COM MENOS SE ESPRAVAM, O FILHO DO DEPUTADO ESTADUAL Chico José, Silveira Júnior obtev 4.308 votos, se tornando o primeiro candidato a vereador a ter mais d quatro mil votos na cidade de Mossoró.
A eleição para a CM, em 2000, teve um duelo à parte: os filhos do deputado Laire Rosado e Sandra Rosado, Vingt Rosado Neto, e do deputado Francisco José, Silveira Júnior,lançaram duas candidaturas fortes, com amplas chances d vitória,para o primeiro, Vingt Neto acabou sendo o mais votado do seu partido, o PMDB, mas não conseguiu a maior votação que Francisco José, que ultrapassou a barreira dos quatro mil votos, feito nunca conseguido anteriormente por nenhum candidato a vereador no município de Mossoró.
A frustração maior, no entanto, ficou a cargo do campeão de votos no pleito eleitoral realizado no dia 3 de outubro de 1996, Edinho dos Rolamentos. Ele na eleição passada obteve 3.369 votos e na de 1º de outubro de 2000, ficou na terceira suplência do PFL, atual DEMOCRATAS. Ao todo obteve 1.688 votos,insuficiente para renovar o seu mandato.
O Partido dos Trabalhadores perdeuma cadeira na Cãmara Municipal. Na campanha pasado conseguiu eleger dois vereadors: Luiz Carlose Ivan. Na atual, ficou com apenas LUIZ CARLOS.
Dos 21 vereadores eleitos em 3 de outubro de 1996, houve uma mudança com a morte de Vingt Neto. Em seu lugar, tomou posse em agosto de 2001 o primeiro suplente do PMDB, Francisco Sales, conhecido popularmente por “CHICVO PSIU.
Na eleição de 1996 ocorreu pla primeira em Mossoró de um prefeito ser reeleito, a prefeira Rosalba Ciarlibe consegue sua reeleição, como também conseguiu fazer aioria na Câmara Municipal, diferentemente da eleição passada.
O vereador Vicbte Rego foi eleito no dia primeiro d janeiro de 2001 como prsidente da CÂMARA MUNICIPAL DE MOSSORÓ pela quarta vez, alcançandp um fito inédito na política mossorense, cujo feito aumento na legislatura 2001/2004, ele consegue sua reeleição, totalizando assim cinco mandato como presidente do Poder Legislativo mossoroense, feito nunca conquistado por um vereador de Mossoró, de presidir a Câmara Municipal em cinco períodos: 1993/95, 1997/98, 1999/2000, 2001/2002 e 2003/2004.

1 – FRANCISCO JOSÉ LIMADA SILVEIRA JÚNIOR – 4.308
2 – VICENTE DSOUZA REGO – 3.478

3 – JERÔNIMO VINGT ROSADO MAIA NETO – 2.927
4 – JOÃO NESTON DA ESCÓSSIA JÚNIOR - 2.524

5 – MARIA FÁTIMA DO ROSÁRIO DO FÁTIMA LEITE VALE - -2.477 - quinta mulher Mossoró que exerceu o mandato de vereador, a primeira foi Heloisa Moura, a segunda foi Raimunda Nogueira Couto, terceira foi Telma Gurgel e quarta foi Maria Lúcia

6 – FRANCISCO DANTAS DA ROCHA – 2.411

7 – SÉRGIO FERNANDS CELHO – 2.379
8 – RENATO FERNANDES DA SILVA– 2.171
10– MILTON CARLS RODRIGUES DASILVEIRA - CARLINHOS SILVIRA – 2.166
11 - MARIA LÚCIA LIMA FERRIRA – 2.110 - reeleita
12- MANOEL BEZERRA DE MARIA - 2.079
13– CLAUDIONOR ANTONIO DOS SANTOS – 2.073

14 – PEDRO EDILSON LEITE JÚNIOR – 1.902

15 – MARCOS ANTÔNIO OLIVEIRA MEDEIROS – 1.674

16 – JÓRIO RÉGIS NOGUEIRA – 1.594
17– LUIZ CARLOS DE MENDONÇA MARTINS -1.508
18 – ANGELO BENJAMIM DE OLIVEIRA MACHADO – 1.486
19 – Daniel Gomes DA SILVA– 1.455
20 – Paulo fernands DE OLIVEIRA – 1.421
21 - ANTONIO PRAXEDES DA MOTA – 1.386
21 – JÚLIO CÉSAR FERNANDES – 1.073
SUPLENTES
1 – Chico Borges – 1.847
2 – NOGUEIRA DE DOCA – 1.734
3 – EDINHO DOS ROLAMENTOS – 1.688
4 – SOUZA JÚNIOR – 1.628
5 – NILSON BRASIL – 1.478
Dr. HUGO BRASIL – 1.477
7 – VANILD DO JUCURI – 1.341
8 – DENISE – 1.109
9 – CHICO SALES DO PSTU – 1.064
10 – GILDALTO GOMES – 1.063
11 – ARLINDO FULGÊNCIO – 1.039
12 – WELLINGTON BARRETO – 1.032
13 – JOSÉ JOAQUIM – 1.016
14 – ALDEILTON ROCHA – 1.004
15 – CECEU – 987


ELEITOS EM 03 DE OUTUBRO DE 2004
A Câmara Municipal de Mossoró eleita em 3 de outubro de 2004 teve uma renovação de cinco novos vereadores e em cumprimento a nova legislação eleitoral perdeu 8 vereadores. Deixando de constar com 21 parlamentares para apenas 13 edis. Foi uma disputa de voto a voto. Os novatos foram os seguints: Izabel Montenegro, Aluizio Feitosa, Vingt Rosado Neto, Arlne e o Sargento PM Osnildo Morais. O PT perdeu sua representação na Câmara Municipal, tendo em vista a não reeleição de Luiz Carlos

1 – CHICO DA PREFITURA - 3.878

2– IZABEL MONTENEGRO – 3.541 - sexta mulher Mossoró que exerceu o mandato de vereador, a primeira foi Heloisa Moura, a segunda foi Raimunda Nogueira Couto, terceira foi Telma Gurgel, quarta foi Maria Lúcia e quinta foi Maria Fátima do Rosário de Fátima Leite Vale

3 – ARLENE SOUSA 3.163 – sétima mulher Mossoró que exerceu o mandato de vereador, a primeira foi Heloisa Moura, a segunda foi Raimunda Nogueira Couto, terceira foi Telma Gurgel, quarta foi Maria Lúcia, quinta foi Maria Fátima do Rosário de Fátima Leite Vale e sexta Izabel
4 – JOÃO NESTON DA ESCOSSIA JÚNIOR – 2.742
5 – MANOEL BEZERRA DE MARIA – 2.471

6 – CLAUDIONOR DOS SANTOS – 2.398

7 – ALUIZIO FEITOSA – 2.001

8 – DANIEL GOMES

9 – BENJAMIM MACHADO – 3.001

10 – Dra. GILVANDA PEIXOTO – 2.226 - oitava mulher Mossoró que exerceu o mandato de vereador, a primeira foi Heloisa Moura, a segunda foi Raimunda Nogueira Couto, terceira foi Telma Gurgel, quarta foi Maria Lúcia e quinta foi Maria Fátima do Rosário de Fátima Leite Vale

11 – RENATO FERNANDES – 2.998

12 – FRANCISCO JOSÉ LIMA DASILVEIRA JÚNIOR – 2.799 – natural de Mossoró, nascido a 23 de setembro de 1975. Muito cedo começou a trabalhar: com apenas 13 anos, tornou-se balconista na Fármácia São Miguel, situada na Rua Augusto Severo, Centro, Mossoró, de propriedade de seu pai Francisco José. Na época ganhava comissão pela venda de remédio. Em seguida, foram quatro anos como estiagário da Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil. Ainda passou pelo ramo de locadoras, para tornar-se em seguida presidente da Fundação Miguel Silveira, com apenas 21 anos de idade. Foi o início de seu desenvolçvimento com a política. Passando dois anos, candidatou-se a vereador, sendo eleito em 1º de outubro de 2000, com 4.309 votos, sendo o mais votado da história política de Mossoró. Em 3 de outubro de 2004 foi reeleito com 2.799 votos.

13 – SARGENTO OSNILDO DE MORAIS – 1.554
Suplents:
1– JERÔNIMO VINGT ROSADO MAIA NETO – 1.821
2– MARIA LÚCIA -2.226
3– FÁTIMA DE JOALBA – 2.217
4– SERGIO COELHO – 2.105
5– CICERA CABEÇA – 1.981
6– CARLINHOS SILVEIRA – 1.968
7– JÓRIO NOGUEIRA – 1.911
8– VINGT-UM ROSADO – 1.808
9– TOMAZ NETO – 1.763
10–TOINHA DE ZÉ PEREIRA – 1.752
11–ALEXANDRE CAPISTRANO – 1.752
12–JÚLIO CESAR – 1.706
13–ARLINDO FULGÊNCIO – 1.632
14– MAZÉ – 1.500
15–LUIZ CARLOS – 1.499
16– BAIA – 1386
17–EDSON OLIVEIRA – 1.387
18–WELLINGTON BARRETO – 1.110
19–JOTA BELMONT - 891

Para prefeito
FAFÁ ROSADO – FORÇA DO POVO – 57.904 –
LARISSA ROSADO – MOSSORÓ MELHOR – 34.758
FRANCISCO JOSÉ – AVANÇA MOSSORÓ – 21.258
CRISPIANO NETO – PARTIDO DOS TRABALHADORES – 4.0999

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
É o blog da cultura, política, economia, história e de muitas curiosidades regionais, nacionais e mundiais. Pesquisamos, selecionamos, organizamos e mostramos para você, fique atenado no Oeste News, aqui é cultura! SÃO 118 LINKS: SEU MUNICÍPIO - histórico dos 167 municípios potiguares; CONHECENDO O OESTE, MOSSORÓ, APODI - tudo sobre o município de Apodi, com fatos inéditos; MOSSORÓ - conheça a história de minha querida e amada cidade de Mossoró; SOU MOSSOROENSE DE NASCIMENTO e APODIENSE DE CORAÇÃO; JOTAEMESHON WHAKYSHON - curiosidades e assuntos diversos; JULLYETTH BEZERRA - FATOS SOCIAIS, contendo os aniversariantes do mês;JOTA JÚNIOR,contendo todos os governadores do Estado do Rio Grande do Norte, desde 1597 a 2009; CULTURA, POLICIAIS MILITARES, PM-RN, TÚNEL DO TEMPO, REGISTRO E ACONTECIMENTO - principais notícias do mês; MILITARISMO. OUTROS ASSUNTOS, COMO: BIOGRAFIA, ESPORTE, GENEALOGIA, CURIOSIDADES VOCÊ INTERNAUTA ENCONTRARÁ NO BLOG "WEST NEWS", SITE - JOTAMARIA.BLOGSPOT.COM OESTE NEWS - fundado a XXVII - II - MMIX - OESTENEWS.BLOGSPOT.COM - aqui você encontrará tudo (quase) referente a nossa querida e amada terra potiguar. CONFIRA...